Geralmente a ideia que se tem quando criamos um marketplace é quanto mais produtos melhor.  A percepção é que  você vai ter um maior volume de vendas,  nossa intenção é que  a pessoa  que entrar no seu marketplace vai encontrar tudo que é precisa.

Só que existe um outro ponto aí, que é a relevância do seu negócio perante ao consumidor, quanto mais produtos você tiver, menos relevante, menos especialista você vai parecer em cada um deles e maior vai ser sua concorrência dentro do mercado digital.

Outro detalhe muito importante, quanto mais produtos você tiver, mais você vai precisar investir em mídia para  divulgar todos esses produtos, e quanto mais variedade de linha de produtos que você tiver, mais tipos de publico vai ter que atrair.

Não necessariamente uma pessoa que compra um instrumento musical vai comprar uma geladeira, então você vai ter que captar o cara que está interessado em instrumentos musicais e também a pessoa interessada na  geladeira, o custo é dobrado !!!

Já se você captar uma pessoa interessada em instrumentos musicais e vender uma serie de produtos dentro desse setor de produtos relacionados a instrumento musical aquele um contato que você captou, pode sim vir a comprar outras coisas de você.

Isso quer dizer, se eu for vender algum produto que seja dentro do setor automotivo, eu posso vender som para carros, eu posso vender pneu, eu posso vender peças para veículos.

Se eu for vender para algum guitarrista, eu posso vender cordas, palhetas, amplificadores e muito mais, desde que fique dentro de uma lógica de um produto relacionado.

Então primeiro você segmenta um determinado setor, de instrumentos musicais por exemplo, para que quando um guitarrista entrar no seu marketplace e tiver produtos relacionados com aquilo que ele quer,  a percepção de valor para o negócio aumenta, provavalvemente ele irá ver o aquele negócio com mais valor, ele vai se interessar a voltar, e ai você conquista um cliente com mais facilidade.

Boas vendas !!!

Posts Relacionados

*/ ?>

Fale conosco