Executivos que lançam e promovem grandes marcas geralmente são dotados de ampla preparação, são intuitivos, cheios de talento, têm facilidade em aprender e ainda dominam diversos métodos e técnicas. Com tudo isso, como o negócio pode dar errado? Será culpa do mercado?  É a crise?

O problema está no ego, nas estruturas de pensamento rígidas e na dificuldade em sair do próprio centro de controle, ou seja, uma percepção míope que desencadeia em um comportamento ineficaz, levando ao insucesso. Para explicarmos melhor, dividimos este texto em 4 comportamentos-chave:

1 - O Empreendedor de Sucesso não tem Medo de “Desaprender”

Aprender é fácil, desaprender é muito difícil.

É prazeroso se acomodar em uma rede de conhecimento de que “as coisas são dessa forma”, sem questionamentos. O tempo passa e é normal que os produtos e serviços antes solicitados pelo consumidor já não tenham mais tanta demanda. Então, voltamos a estudar e a pesquisar, mas como já temos uma ideia formada, preestabelecida de como pensava esse consumidor, torna-se difícil assimilar a nova informação.

Desaprender nos negócios significa conseguir deixar de lado velhos conceitos, velhas formas de fazer que já deram certo mas que não funcionam mais, admitir a mudança, abrindo-se para novas possibilidades, novas ideias, reinventar-se, recomeçar.

Segundo a neurociência no momento de tomar decisões ou fazer coisas de forma diferente, o cérebro gasta muito mais energia, ou seja, modificar a forma de como fazemos as coisas é extremamente desgastante.

Da mesma forma, quando saímos de nossa zona de conforto e entramos na zona de aprendizagem, nos sentimos incomodados, criando um ambiente de pânico que nos faz regressar imediatamente ao modelo conhecido, ao modelo medíocre. Muitas vezes estamos tão acostumados ao fracasso, que ele se torna nossa zona de conforto, e mesmo sabendo da iminente derrota, acabamos por tomar a decisão “confortável”.

Se não conheço, não entendo;

Se não entendo, tenho medo;

Se tenho medo, rejeito;

Se rejeito, retorno ao meu centro de controle e comodidade.

O sucesso está diretamente ligado à capacidade de deixar de lado a maior quantidade de medos possível.

Posts Relacionados

Fale conosco